this is an h1

this is an h2


Sem burocracias e complicações na hora de emitir sua NFe.
Sem necessidade de download.
Tudo o que você precisa acessível de qualquer lugar.

 

Continuar lendo

Atenção

Você sabe a diferença entre a Nota Fiscal Eletrônica de venda de produtos/mercadorias (NF-e) e a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e)? Entenda a diferença entre as notas fiscais

Então, se você é prestador de serviço e precisa emitir a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e), clique aqui ou entre em contato com sua prefeitura.

Continuar lendo

Continuar lendo
O emissor mais testado e aprovado do mercado
350 mil

usuários ativos

4 milhões

de documentos fiscais emitidos

Disponível para todo Brasil

de forma 100% gratuita

Tire suas dúvidas
  • O que é o Novo Emissor de Nota Fiscal Eletrônica?

    Pensando na melhoria do serviço e na usabilidade do usuário, o Sebrae lança o Novo Emissor de Nota Fiscal Eletrônica versão web em substituição ao Emissor versão 4.01. 

    O Novo Emissor está disponível via plataforma SaaS, ou seja, não precisa ser baixado e instalado no computador.

    O acesso ao Novo Emissor se dá através do link emissornfe.sebrae.com.br.

  • Como se faz o acesso?

    O acesso ao Novo Emissor em produção se dá através do link emissornfe.sebrae.com.br e de homologação em emissornfe-homologacao.sebrae.com.br (apenas para teste, emite documentos fiscais sem validade).

    É preciso fazer o login na sua Conta Sebrae.

    Importante ressaltar que serão solicitadas informações cadastrais da empresa e dos responsáveis/sócios da empresa para a correta emissão de nota fiscal pelo sistema.

  • Qual a diferença de homologação e produção?

    Ambiente de produção: É o ambiente destinado aos documentos com valor fiscal, ou seja, são documentos válidos e reconhecidos tributária e juridicamente.

    Ambiente de homologação: É o ambiente de testes do sistema. Não há validade fiscal ou jurídica, podendo também usar dados reais ou fictícios no preenchimento do documento. 

    As formas de emissão dos documentos fiscais eletrônicos são idênticas, tanto em produção quanto em homologação, possuindo as mesmas regras, diferenciando apenas a validade fiscal de cada um destes documentos.

    Em nenhuma hipótese a mercadoria pode ser transportada ou entregue com documentos fiscais eletrônicos emitidos em ambiente de homologação.

  • Quem pode utilizar?

    Qualquer empresa que possuir CNPJ ou CPF + IE (produtor rural) e for credenciada pela Sefaz. 

    Para isso, é preciso: 

    - Ter acesso à internet; 

    - Possuir certificação digital nos formatos A1 ou A3 emitida por autoridade certificadora credenciada no ICP-Brasil, contendo o CNPJ da empresa.

  • Quais são as etapas necessárias para utilizar o emissor e emitir uma nota?

    Após fazer o login na Conta Sebrae e entrar no sistema, antes de emitir o primeiro documento, siga os seguintes passos:

    - Complete os dados cadastrais da sua empresa (menu AJUSTES > CONFIGURAÇÕES DA EMPRESA);

    - Verifique a necessidade de personalizar as Naturezas de Operação e Matrizes Fiscais para o seu negócio (menu AJUSTES > NATUREZA DE OPERAÇÃO). O Emissor já está preparado com as principais informações utilizadas pelo Simples Nacional.

    - Cadastre produtos e serviços comercializados (menu CADASTROS > PRODUTOS e CADASTROS > SERVIÇOS);

    - Cadastre seus clientes e fornecedores (CADASTROS > CLIENTES e CADASTROS > FORNECEDORES );

    - Cadastre certificado digital (menu AJUSTES > CONFIGURAÇÕES FISCAL)

    - Faça a configuração do tipo de Nota Fiscal que será emitida. No Emissor será possível emitir NF-e (notas fiscais para produtos), NFS-e (notas fiscais para prestação de serviços) e CT-e (conhecimento de transporte). A configuração deve ser feita no menu AJUSTES > NF-e e AJUSTES > NFS-e.

    - As notas fiscais poderão ser transmitidas utilizando o menu EMISSOR FISCAL e selecionando o tipo de nota fiscal desejado.

     

    Para mais informações, baixe o MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO EMISSOR DE DOCUMENTOS FISCAIS.

  • Quais são os serviços disponíveis no Novo Emissor?

    O Novo Emissor versão web permite ao usuário: 

    a) Emissão de Nota Fiscal Eletrônica - NFe;

    b) Emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico – CTe;

    c) Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica - NFSe;

    d) Controle de Estoque.

  • Posso migrar de outro emissor?

    No Emissor é possível importar Notas Fiscais modelo 55 (NF-e) emitidas por outros sistemas.

    Para mais informações, baixe o MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO EMISSOR DE DOCUMENTOS FISCAIS.

  • Como proceder em relação a rejeições, erros e problemas do emissor?

    Ao realizar a tentativa de emissão da NF, caso haja alguma rejeição por parte da SEFAZ, o sistema exibirá mensagens explicativas do motivo. Caso seja alguma informação que possa ser corrigida, basta realizar a correção e tentar novamente. Se for algo que não pode ser corrigido imediatamente, busque orientações de seu profissional de contabilidade para auxiliá-lo e após resolver as pendências, retorne a tentativa de emissão. Se o problema de emissão ocorrer por configurações incompletas ou erradas,

    ou caso seja alguma intermitência do sistema, consulte o MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO EMISSOR DE DOCUMENTOS FISCAIS ou procure nosso time de suporte.

  • Como autorizar uma NF-e com data retroativa?

    Não é possível emitir NF-e com datas retroativas.

  • Tenho atividade principal de comércio e uma atividade secundária de serviços. posso utilizar uma nota fiscal conjugada?

    O Emissor não emite NF Conjugada, sendo necessário realizar a emissão da NF-e e da NF-e de forma separada.

  • O contribuinte poderá ter NF-e com layouts diferentes?

    O contribuinte terá à disposição DANFE único, modelo 55, como padrão para todas as empresas.

  • Existe previsão de penalidade para empresa que esteja obrigada a emitir a NF-e, porém continua a emitir a Nota Fiscal Modelo 1/1A (impressa)?

    1 – Escolha uma das Autoridades Certificadoras – (ACs) da ICP-Brasil;

    2 – Solicite no site da AC escolhida a emissão do seu certificado digital de pessoa física ou jurídica;

    Os tipos mais comercializados são:

    A1: validade de um ano – armazenado no computador ou no dispositivo móvel (smartphone ou tablet);

    A3: validade de até cinco anos – armazenado em cartão, token criptográfico ou diretamente na nuvem.

    A própria Autoridade Certificadora informará sobre os custos do certificado, as formas de pagamento, os equipamentos necessários e a documentação obrigatória para emissão.

  • Quais são as diferenças entre DANFE e Arquivo XML?

    Ambas são representações distintas da mesma nota fiscal eletrônica A principal diferença entre esses arquivos é a validade fiscal. Uma vez que o XML é verdadeiramente a NFe e o DANFE é apenas um documento representando essa nota.

  • A Nota Fiscal Avulsa eletrônica (NFA-e) é equivalente à NF-e?

    Não. A Nota Fiscal Avulsa Eletrônica (NFA-e) é, basicamente, um documento fiscal emitido de forma individual e eletrônica. Bem semelhante a NF-e comum (nota fiscal eletrônica), a NFA-e trabalha com os campos de preenchimento referentes aos modelos 1, 1-A e 55 da NF tradicional.

  • Nota fiscal rejeitada na SEFAZ?

    Ao realizar a tentativa de emissão da NF, caso haja alguma rejeição por parte da SEFAZ, o sistema exibirá mensagens explicativas do motivo. Caso seja alguma informação que possa ser corrigida, basta realizar a correção e tentar novamente. Se for algo que não pode ser corrigido imediatamente, busque orientações de seu profissional de contabilidade para auxiliá-lo e após resolver as pendências, retorne a tentativa de emissão.

  • Como cadastrar um produto sem código de barras?

    No novo emissor, caso o produto não tenha (EAN) Código de Barra Comercial, utilize a opção CADASTRO MANUAL.

     

    Para mais informações, baixe o MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO EMISSOR DE DOCUMENTOS FISCAIS

  • Quais os tipos de nota fiscal emitidas?

    No Emissor é possível emitir NF-e (notas de produto), NFS-e (notas de serviço) e CT-e (Conhecimento de transporte). É importante frisar que notas de devolução, retorno, remessa, exportação, importação, ajustes, entre outros, são apenas variações da NF-e, onde a Natureza de Operação informada na nota fiscal é o que determina o tipo de nota.

     

    Para mais informações, baixe o MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO EMISSOR DE DOCUMENTOS FISCAIS.

  • Os dados da NF ficam salvos?

    Sim, todas as notas são salvas no Emissor. Caso queira consultar acesse o menu EMISSOR FISCAL > CONSULTA DE DOCUMENTOS. Será possível importar as notas de forma avulsa ou em lote, e também compartilhar via e-mail com seus clientes, fornecedores ou profissional de contabilidade.

    Para mais informações, baixe o MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO EMISSOR DE DOCUMENTOS FISCAIS.

  • Não estão aparecendo todas as NFes que emiti no sistema NFe do sebrae. Como proceder?

    O Sebrae atualizou o Emissor e estamos em uma versão mais estável e com melhor usabilidade para suas emissões.

    Todas as notas emitidas pelo Sistema NFe do Sebrae (Web) estarão em breve no menu EMISSOR FISCAL > CONSULTA DE DOCUMENTOS. 

    Você não precisa aguardar a atualização para continuar realizando suas emissões! Para dar seguir transmitindo suas notas, informe o número de série e o número da próxima nota a ser emitida no menu AJUSTES > NF-E (para notas de produtos), AJUSTES > NFS-E (para notas de serviços) e AJUSTES > CT-E (para conhecimento de transporte).

  • Não sei o número da minha última NFe emitida. Como proceder?

    É possível verificar a sequência das NF-e emitidas acessando o Portal do Contribuinte do seu estado. Em caso de dúvida de como acessar, solicite auxílio do profissional de contabilidade de sua confiança.

  • Tenho certificado A3, como proceder?

    Para emitir suas notas fiscais é necessário configurar o Certificado Digital. Caso você utilize o certificado A3 (pendrive ou cartão), será necessário fazer o download e a instalação do Conector de Certificado. Para isso acesse o menu AJUSTES > CONFIGURAÇÃO FISCAL.

    Atenção: Certificados digitais em nuvem, a exemplo do NEOiD do Serpro, ou certificados A3 com mais de um CNPJ no mesmo token não funcionam na aplicação. 

    Para mais informações, baixe o MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO EMISSOR DE DOCUMENTOS FISCAIS.

  • Tenho mais de uma empresa cadastrada para emissão de notas. Como procedo?

    Você poderá associar vários CNPJs a um login da Conta Sebrae. Para isso, após se logar no emissor, acesse o menu AJUSTES > CONFIGURAÇÃO DE CNPJ EMISSORES.

    Para mais informações, baixe o MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO EMISSOR DE DOCUMENTOS FISCAIS.

  • Quando eu preciso cadastrar uma matriz de emissão?

    Matriz Fiscal é o cálculo fiscal que compõe a tributação de sua empresa. O Emissor Sebrae já vem configurado para as empresas SIMPLES NACIONAL, onde todas as alíquotas são zeradas. Caso sua empresa seja do LUCRO REAL ou LUCRO PRESUMIDO, será necessário criar as matrizes, seguindo as orientações de seu contador. Mesmo para os optantes do Simples Nacional, existem casos onde é

    necessário criar uma matriz fiscal fora do padrão, como por exemplo, quando realizamos uma venda para outro estado e precisamos informar uma alíquota diferente para o imposto ICMS, ou quando um produto tem substituição tributária ou incidência de FCP.

     

    Para mais informações, baixe o MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO EMISSOR DE DOCUMENTOS FISCAIS.

Manual para utilização do emissor de documentos fiscais

Ainda tem alguma dúvida sobre o funcionamento do emissor? Consulte esse Manual para tirar todas as suas dúvidas.

Agora que você conheceu tudo do novo Emissor NFe

Não perca mais tempo!