this is an h1

this is an h2

Sat Sep 24 00:21:16 BRT 2022
Planejamento | PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
Delivery para restaurantes

Se realizada de forma eficiente, entrega em domicílio pode ser uma boa estratégia para aumentar as vendas.

· 17/12/2013 · Atualizado em 24/09/2022
Imagem de destaque do artigo
FAVORITAR
Botão favoritar

Estabelecimentos do ramo de alimentação podem investir no sistema delivery, uma vez que muitos clientes optam pela entrega em domicílio. Comum para lanchonetes e pizzarias, a alternativa vem ganhando espaço no ramo de refeições mais elaboradas. Também existem negócios focados somente no delivery, sem portas abertas para a rua.

O que é o delivery?

É um serviço de entrega, seja de alimentos, bebidas, remédios, produtos do supermercado, entre outros. Ele pode ser feito por aplicativos, sites ou pelo telefone e precisa ser rápido.

Ele funciona assim: o cliente faz um pedido on-line e, em seguida, um entregador numa moto ou bicicleta  sai para levar o produto ao endereço indicado. O pagamento pode ser feito tanto on-line (pelo aplicativo) ou na entrega (máquinas de cartão). 

Para montar um delivery, você precisará de:

  • Uma empresa legalmente constituída;
  • Alvará de funcionamento;
  • Estrutura para preparar e embalar os alimentos;
  • Um aplicativo de delivery;
  • Máquinas de cartão;
  • Veículo próprio, motoboy ou bicicletas.

Para que a empresa comece a oferecer o serviço de delivery, a primeira coisa que deve ser feita é um bom planejamento, analisando a capacidade de produção e entrega.

Esteja atento a estes passos:

  1. Faça uma pesquisa sobre o mercado que pretende atender;
  2. Defina o público-alvo;
  3. Invista em múltiplos canais de comunicação;
  4. Crie um cardápio ao gosto de seu cliente;
  5. Trabalhe com um programa de fidelidade eficiente.

Mesmo sendo uma excelente opção para conquistar o consumidor, que muitas vezes escolhe o delivery como uma forma fácil para fazer uma refeição, o empreendedor deve oferecer um serviço de qualidade, com base na agilidade e bom atendimento. Caso contrário, pode ver seu modelo de entregas em domicílio fracassar.

Entrega sem atrasos

O delivery deve ser eficiente, para que a comida não chegue fria ao cliente. Além de quentes, os alimentos devem ter boa aparência. No transporte, a comida pode se misturar, por isso é necessário fazer testes de embalagens. Use recipientes (que podem ser de plástico, isopor ou mesmo alumínio) resistentes e coloque-os dentro de outra embalagem, feita de papelão. Esses cuidados devem minimizar impactos que, porventura, ocorram durante o transporte.

Entregadores eficientes

Essa etapa influi diretamente na satisfação do cliente. Estabeleça um tempo para fazer a entrega. O empresário pode terceirizar o serviço, ou pode contratar sua própria equipe de entrega. Porém, é só com a experiência que o empreendedor pode identificar o modelo que melhor o atende.

Cadastro de clientes

O cadastro é um mecanismo fundamental para agilizar o atendimento. No primeiro contato do cliente, o atendente deve registrar no computador dados como nome, endereço e telefone de contato. Com esse cadastro, será possível identificá-lo rapidamente na próxima compra.

Taxa de entrega

É melhor definir a região a ser atendida do que atender toda a cidade e cobrar uma alta taxa para entrega. Para um pequeno negócio, o ideal é começar atendendo bairros próximos e de fácil acesso. O cliente precisa saber que a entrega é um serviço que não faz parte do preço da refeição e, por isso, é fundamental que o atendente informe o valor da taxa no momento do pedido.


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

FAVORITAR
Botão favoritar
Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora