this is an h1

this is an h2

Tue May 30 18:31:11 BRT 2023
Empreendedorismo | EMPREENDEDOR
Empreender por necessidade também pode ser criativo

Empreender por necessidade tem seus riscos, mas é possível contar com parcerias para transformar a urgência empreendedora em oportunidades de negócio.

· 08/03/2023 · Atualizado em 30/05/2023
Imagem de destaque do artigo
FAVORITAR
Botão favoritar

Empreender é um desafio e requer, além de dedicação, observação dos tipos de empreendedorismo e suas exigências. Nesse universo, nem todo mundo empreende pelo sonho e desejo de ter um negócio próprio. Muitas pessoas acabam sendo levadas pela necessidade, ou seja, pela falta de oportunidades no mercado de trabalho e não são raros os que acabam abrindo seu próprio negócio a fim de garantir o seu sustento e/ou o de sua família.

Para se ter uma ideia do número de pessoas que empreendem por necessidade, a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2021 mostra que 48,9% dos novos negócios no país são abertos ou mantidos por esse motivo. A GEM é realizada em 50 países e coordenada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no Brasil, que participa da pesquisa desde 2002. Os dados revelam que, a cada dois negócios abertos, pelo menos um foi pela necessidade de empreender.

E é nos momentos de crise econômica ou em que o desemprego aumenta que cresce também o número de empreendimentos abertos pela necessidade - mesma situação enfrentada por mulheres que se tornam mães e não conseguem retornar ao mercado de trabalho. Porém, não é por isso que o seu negócio não pode prosperar e ter sucesso. Estar aberto a inovações e ser criativo são atitudes importantes na jornada empreendedora.

Quando são demitidas, por exemplo, muitas pessoas pensam em vender marmitas, bolos, doces - e esse é um pensamento que não está errado. Mas todo negócio precisa ter planejamento para dar certo. Além disso, ter um diferencial em um mercado concorrido, vai fazer toda a diferença. Por isso, a necessidade pode se transformar em uma grande oportunidade.

Evite erros comuns

O empreendedorismo por necessidade é altamente passível de erros, e alguns mais comuns são:

  • Começar na informalidade e continuar assim por tempo indefinido (saiba como formalizar o MEI no portal Gov.br);
  • Não identificar seus talentos e habilidades;
  • Não procurar parcerias, ajuda, orientação e apoio;
  • Começar sem planejamento, sem previsão, sem estimativa, às cegas;
  • Não usar nenhum tipo de modelagem de negócio, por achar que é complexo, burocrático, coisa de negócio grande;
  • Não ter nenhuma noção de como gerenciar o negócio que está abrindo, pois queira ou não, é um novo negócio que surge;
  • Misturar as contas familiares com as do negócio, sem critério nenhum;
  • Não saber lidar com clientes;
  • Não saber precificar - estabelecer preços aleatoriamente (baixe o nosso e-book Preço também é marketing: você está certo do seu?);
  • Não saber administrar estoques;
  • Não ter noção da necessidade de diferenciação;
  • Entrar em guerra de preços por não ter diferencial;
  • Não saber comprar;
  • Não ter canais de distribuição, os mais elementares;
  • Não negociar parcerias por não ter noção da importância.

O empreendedor, ao criar o seu negócio, está buscando uma oportunidade para o seu presente e para o seu futuro. Algumas dicas são fundamentais para minimizar os possíveis erros. Entre elas, escolher uma área de atuação com a qual tenha certa afinidade ou pelo menos alguma habilidade, fazer um planejamento, capacitar-se e formalizar-se.

Para todas essas etapas, é possível contar com a parceria do Sebrae, que oferece conteúdos, consultoria, ferramentas e cursos que podem ajudar a transformar a sua “emergência” em um negócio de sucesso. 

Saiba mais:

Empreendedorismo por necessidade 

Empreender por necessidade pode ser uma solução 


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

FAVORITAR
Botão favoritar
Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora