this is an h1

this is an h2

Thu Mar 16 23:07:42 BRT 2023
Empreendedorismo | EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA
Principais problemas no varejo: dificuldades com a burocracia

Saiba quais são as principais dificuldades das empresas de varejo com a burocracia e como resolvê-las.

· 01/02/2023 · Atualizado em 16/03/2023
Imagem de destaque do artigo
FAVORITAR
Botão favoritar

Burocracia. Essa palavra costuma provocar arrepios em muitos empreendedores, dores de cabeça em outros, e dificilmente é empregada em um tom que não seja pejorativo, ou seja, ela não costuma ser vista com bons olhos por quase ninguém. Mas, afinal de contas, será a burocracia algo tão negativo? Ou melhor, você sabe o que é burocracia e para que ela serve?

Não existe empresa, instituição, pública ou privada, por menor que seja, que não tenha burocracia, a qual consiste em procedimentos administrativos que organizam pessoas que precisam atuar em conjunto, definição de processos por regras e procedimentos, padrões a serem seguidos, ordem de hierarquia, entre outros aspectos. Como se vê, ela é necessária para o bom funcionamento das atividades, a fim de que os regulamentos não sejam desrespeitados e que os processos ocorram com uma certa ordem e regularidade.

O grande problema ocorre quando se tem um excesso de burocracia, que emperra o bom funcionamento das empresas e dos processos. Tanto que algumas pessoas chegam a referir-se à existência de uma “burrocracia” (assim mesmo, com dois erres), numa denotação clara de que é preciso reduzir as amarras das administrações. Isso porque, na maioria das vezes, a burocracia acaba sendo sinônimo de custos mais altos e desperdício de tempo, consequentemente, menor produtividade, menor eficiência, lucros menores.

Já pensou que, enquanto a sua empresa perde tempo num emaranhado de processos burocráticos, outras podem estar aproveitando para aproximar-se dos clientes com estratégias eficientes para fidelizá-los? Daí a importância de definir o que realmente é necessário, e eliminar processos que podem ser automatizados ou realizados de uma forma mais prática e eficiente, desde que a organização do negócio esteja garantida.

A importância de diminuir a burocracia

Um levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) aponta que a burocracia custa, em média, R$ 79 bilhões por ano às pequenas e médias empresas do Brasil. No que se refere ao tempo, a estimativa é de que 120 dias de trabalho são desperdiçados por conta de atividades burocráticas.

Por isso, é muito importante reduzir a burocracia, e isso pode ser feito com ações mais simples do que podem parecer. Uma das melhores alternativas é investir em tecnologia para agilizar alguns processos internos, como o estoque, por exemplo. Integrar os canais de vendas também é uma estratégia interessante, assim como é possível procurar por marketplaces a fim de reduzir as obrigações e responsabilidades no dia a dia.

Você pode também reavaliar os processos com frequência, reorganizar o ambiente de trabalho, tanto no que diz respeito ao ambiente físico como em relação à documentação. Delegue tarefas e responsabilidades, procurando não sobrecarregar ninguém. Veja no infográfico outras dicas para você desburocratizar a sua empresa.

Leia os outros artigos da série Principais problemas no varejo e aproveite para acessar também estes conteúdos que o Sebrae preparou para você: Organize os processos da sua empresa e atinja as suas metas (série de vídeos - 02/03/2020 - atualizado em 17/04/2020 - compartilhe os objetivos do negócio com os seus colaboradores, para que todos saibam onde o empreendimento deve chegar).


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

FAVORITAR
Botão favoritar
Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora