this is an h1

this is an h2

Mon Aug 29 17:40:28 BRT 2022
Empreendedorismo | ATITUDE EMPREENDEDORA
Projeto Flores do Rio Negro

Conheça mais sobre esse projeto que mescla empoderamento, empreendedorismo e sustentabilidade

· 29/08/2022 · Atualizado em 29/08/2022
FAVORITAR
Botão favoritar
Flores do Rio Negro

A máxima que diz “onde houver vontade, haverá um caminho” se torna
cada vez mais tangível graças à determinação das artesãs do Amazonas.
Apesar da realidade de acesso exclusivamente fluvial e distância de 70km de Manaus, Regina Ramos, ribeirinha e moradora do baixo Rio Negro, enxerga oportunidade onde outros enxergariam limites, e na proa do projeto “Flores do Rio Negro”, pretende guiar outras mulheres rumo à sua emancipação emocional e financeira.

 

Artesanato foi a chave que abriu as portas para que Regina retomasse as
rédeas da sua vida, justo num momento no qual ser criativa com os
recursos que possuía no momento era a única opção. Embora estivesse
enfrentando um divórcio recente, episódios de síndrome do pânico e tendo que cuidar do filho pequeno, seu propósito fez com que ela buscasse conhecimento das técnicas e matérias-primas disponíveis no seu entorno para, então, montar seu primeiro empreendimento: artesanato Sapopema, cujo chamariz principal eram biojoias feitas a partir de sementes da região e tiras de couro sintético.

Com o passar do tempo e o desenvolvimento da sua marca, a artesã percebeu que o mesmo trabalho manual que lhe rendeu autonomia poderia servir de força motriz para impulsionar outras mulheres em situação similar. Nascia, assim, a ideia de multiplicar suas habilidades sobre reaproveitamento de resíduos com zero ou baixo investimento inicial, descortinando talentos femininos no artesanato local.

 

O Projeto “Flores do Rio Negro” mescla zelo pelo meio ambiente à missão de empoderar mulheres, incentivando a criação e produção de peças artesanais únicas, em respeito à identidade cultural, referências e acabamento peculiar de cada artesã e, atualmente, encontra-se em fase de expansão. Regina, idealizadora do projeto, é finalista do curso superior de Gestão Ambiental e pretende superar os obstáculos de logística popularizando seu propósito nas redes sociais (@floresdorionegro no Instagram) e conta com a ajuda do Sebrae Amazonas para adquirir mais conhecimento sobre gestão, sustentabilidade e inserção no mercado competitivo artesanal. Se, hoje, essa ideia ainda é uma semente, fomentare investir no segmento da manualidade com arte é o que faz florescer.


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

FAVORITAR
Botão favoritar
Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora