this is an h1

this is an h2

Tue Aug 16 07:41:05 BRT 2022
Finanças | ANÁLISE DE CUSTO
Controle os custos fixos para não impactar as finanças do seu negócio

Toda empresa tem despesas mensais que praticamente não variam. Saiba o que pode ser cortado sem prejudicar a receita.

· 17/04/2020 · Atualizado em 16/08/2022
Imagem de destaque do artigo

Crises fazem com que empreendedores repensem suas prioridades e recalculem seus custos. Vale lembrar que os cortes nos gastos são importantes, mas eles precisam ser bem calculados e planejados, para que você não abra mão de itens essenciais para a sobrevivência do seu negócio. É fundamental ter calma e procurar manter o foco, não deixando se abalar pelas adversidades.

Para decidir o que pode ser cortado do seu orçamento, é essencial ter seus gastos organizados e registrados para uma avaliação mais precisa. Também é necessário saber calcular os custos fixos mensais do negócio, pois isso permite realizar projeções e entender como cortar gastos menos importantes para manter a operação durante momentos de instabilidade.

Pensando em ajudar você, separamos dicas de pequenos cortes que podem ser feitos sem prejudicar a sua empresa. Confira a seguir:

Variedade de produtos

Reavalie seus produtos para entender os que devem ser mantidos e quais podem não ser renovados, pois não estão gerando receita. Mantenha, então, o que realmente faz uma diferença positiva no seu caixa. E lembre-se de que um estoque variado funciona apenas quando o consumidor tem um poder maior de compra ou quando está mais disposto a conhecer novos produtos, o que não acontece durante uma crise. 

Bancos diversos

Como a maioria dos bancos cobra taxas, e essa é uma despesa que pode ser facilmente cortada, avalie se vale a pena ter conta bancária em várias instituições diferentes. A sugestão é ter relacionamento com apenas um ou dois bancos, já que isso permite que você acompanhe todas as taxas e tarifas cobradas e, assim, evite gastos desnecessários.

Os bancos digitais apresentam vantagens nesse sentido. Além de taxas reduzidas ou nulas, eles são seguros e oferecem atendimento rápido em diferentes canais.

Dívidas

Durante uma crise, dívidas podem ser o motivo da falência ou da sobrevivência de sua empresa. Caso você se encontre endividado, a primeira coisa a fazer é renegociar os prazos e taxas, sempre levando em consideração as dívidas mais custosas para a sua empresa. Caso não consiga resultados frutíferos, vale pesquisar outros bancos com condições melhores, além de outras formas de conseguir crédito para quitar suas obrigações. 

Investimentos

Você tem algum tipo de investimento? É bom reduzir os aportes e pensar em criar uma reserva de emergência. Não é o caso de deixar de lado as suas aplicações, mas sim de poder contar com uma liquidez maior para quando precisar cobrir algum imprevisto.

Redes sociais

Se o valor gasto com anúncios em redes sociais não está trazendo o retorno esperado, considere realocar esse investimento. Você pode trabalhar melhor as técnicas de conversão orgânicas otimizando os seus posts para buscas no Google, por exemplo. Lembre que é o momento de trabalhar com qualidade, e não com quantidade.


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora