this is an h1

this is an h2

Tue Apr 18 20:24:19 BRT 2023
Finanças | FATURAMENTO
Setor de farmoquímicos tem grande peso na economia brasileira

Indústrias farmoquímica e farmacêutica têm investimentos bilionários em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos.

· 06/03/2023 · Atualizado em 18/04/2023
Imagem de destaque do artigo
FAVORITAR
Botão favoritar

O setor de farmoquímicos e produtos farmacêuticos é estratégico para o Brasil, pois é o responsável pela produção de ativos farmacêuticos (IFAs) e de medicamentos.

Com 676 empresas e cerca de 107 mil funcionários, segundo o Perfil Setorial da Indústria publicado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em janeiro de 2022, as indústrias de farmoquímicos e farmacêuticas têm um peso importante na economia nacional. 

Em 2020, foram responsáveis por uma arrecadação de R$ 7,6 bilhões em tributos federais e representam 2,6% do Produto Interno Bruto (PIB) industrial brasileiro. É o setor que também tem o maior salário médio da indústria de transformação nacional, de cerca de R$ 5,9 mil.

As empresas do setor também investem muito em Pesquisa e Desenvolvimento (P & D), com um orçamento de R$ 1,6 bilhão em 2019 em P&D. Graças a isso, uma parte significativa dos medicamentos produzidos no Brasil (11,7%), são exportados. 

Embora muitos façam confusão, a indústria farmoquímica produz insumos farmacêuticos ativos, os IFAs, os produtos químicos que têm finalidade medicinal.

Eles podem ser extraídos de várias formas, como por processos extrativos do reino animal, como no caso da heparina; ou vegetal, quando se trata da rutina.

A extração também pode ser realizada por síntese química, tendo como exemplo o omeprazol, e por processos biotecnológicos clássicos, para se obter penicilina, amoxicilina, dentre outros.

Já a indústria farmacêutica, é a que produz os medicamentos para o consumo humano, utilizando os produtos das farmoquímicas como matéria-prima.  

Para alcançar grande qualidade técnica, as indústrias farmoquímicas precisam de aprovação da Anvisa, que trabalha para garantir que apenas produtos com boa qualidade sejam inseridos no mercado.

Além disso, é preciso um rigoroso licenciamento ambiental, uma vez que é uma indústria que trabalha com substâncias com alto risco de contaminação. Por conta disso, a desativação de uma planta farmoquímica e farmacêutica também precisa ser planejada e acompanhada pelos órgãos ambientais. 

O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) está disponível para orientar empreendedores que desejam empreender na indústria farmoquímica e farmacêutica. Procure a unidade de seu Estado ou entre em contato com a nossa Central de Relacionamento pelo telefone 0800 570 0800. 

Saiba mais:

Mudança organizacional nas IBTs

A indústria 4.0 e o admirável mundo da automação

FAVORITAR
Botão favoritar

 

Participe das comunidades temáticas Sebrae no Telegram.



O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

FAVORITAR
Botão favoritar
Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora