this is an h1

this is an h2

Mon Apr 18 16:10:16 BRT 2022
Mercado e Vendas | DEMANDA DE CONSUMO
VIAGENS INTERNACIONAIS EM ALTA: OFEREÇA A SEUS CLIENTES

Queda do dólar e redução de restrições turbinam os destinos externos. Mas as passagens sobem por conta da guerra na Europa

· 18/04/2022 · Atualizado em 18/04/2022
Imagem de destaque do artigo
FAVORITAR
Botão favoritar

A combinação entre dólar em queda e redução das restrições a viagens vem aumentando muito o apetite dos turistas brasileiros por roteiros internacionais. A moeda norte-americana já acumula uma queda de 15% em relação ao real neste ano, diante de uma valorização de 7% em 2021.

O site de reservas Decolar, por exemplo, estima que, se nada mudar, até o final do ano o volume de turistas brasileiros viajando ao exterior alcançará os níveis pré-pandemia. Já a CVC, peso-pesado do setor, registrou em março um aumento de 50% na demanda por destinos internacionais em relação ao mês anterior.

Os destinos favoritos dos brasileiros são os mesmos de sempre: Orlando e Miami (Estados Unidos) e Lisboa. A temporada de esqui em Bariloche (Argentina) também desperta muito a atenção dos brasileiros.

Mas outros lugares vêm ganhando força na preferência nacional, por conta da proximidade e do custo, ainda não tão proibitivo. São os casos de Montevidéu (Uruguai), Santiago (Chile), Lima (Peru), além de Buenos Aires (Argentina).

Nem tudo são flores, porém, na retomada do turismo internacional. Por conta da invasão russa à Ucrânia, combustíveis e outros componentes importantes fizeram os preços de passagens subir consideravelmente. A passagem São Paulo-Barcelona (Espanha), por exemplo, subiu 32% em março, em relação ao mês anterior.


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

FAVORITAR
Botão favoritar
Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora