this is an h1

this is an h2

Fri Jan 13 16:54:15 BRT 2023
Empreendedorismo | EMPRESA
Costurando um futuro melhor

Francisca Nascimento lidera a empresa “Faz Fardas”, que atende mais de 1.100 escolas pelo Norte e Nordeste

· 13/01/2023 · Atualizado em 13/01/2023
Imagem de destaque do artigo
FAVORITAR
Botão favoritar

Francisca Nascimento, de 48 anos, é uma empresária com mais de 30 anos de experiência no mercado de confecção de roupas. A sua empresa, a “Faz Fardas”, é especializada na produção de fardamentos escolares e atende cerca 1.100 escolas, como o Colégio Piedade, Damas e o Colégio Anchieta, em Pernambuco. A empresária começou do zero, sendo costureira e passadeira e, hoje, com uma empresa consolidada no mercado, já emprega 80 pessoas.

Francisca herdou o gosto pela costura da sua mãe, que a ensinou a atividade. O que era apenas uma forma de passar o tempo acabou se tornando trabalho, que começou logo cedo. Aos 14 anos, ela teve que deixar os estudos de lado para ajudar a trazer a renda necessária para a casa. “Meu pai era alcoólatra e a única fonte de renda para a nossa família vinha da minha mãe. Ela perguntou se eu queria ajudar e disse que tinha conseguido uma vaga de passadeira em uma empresa para mim. Então eu parei de estudar e comecei a trabalhar”, conta Francisca.

Depois da experiência com o primeiro emprego, Francisca ainda trabalhou em um escritório da confecção e foi funcionária em outra empresa. Sua primeira experiência empreendedora foi com o seu ex-marido e sócio, que também é do ramo têxtil. Juntos, começaram a produzir roupas relacionadas ao turismo, que eram vendidas no Alto da Sé, em Olinda, e no Mercado de São José, na área central do Recife. Francisca começou o seu próprio negócio há 22 anos, mas a sua relação com o Sebrae vem desde os 17 anos de idade.

Ela sempre contou com o Sebrae em sua jornada empreendedora. “Eu gabaritei quase todos os cursos do Sebrae”, brinca. Ela conta ainda que fez cursos de moda, de gestão financeira e de produção, bem como diversas consultorias. “O Sebrae é importantíssimo na minha carreira. Foi o que fez a minha virada de chave nos negócios. Tudo começou muito amadora, caseira e, com a ajuda do Sebrae, pude colocar todos os conhecimentos absorvidos nos cursos, em prática. Com certeza me ajudou demais e, atualmente, também levo meus funcionários para aprender com o Sebrae”, conta a empresária.

Além disso, Francisca está participando do projeto ‘Confecção 4.0’, uma iniciativa do Sebrae com a Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe) e que conta com ações de inovação desenvolvidas pelo Senai. O projeto oferece melhorias no ambiente produtivo, ações de produção enxuta, lean manufacturing e sensorização da produção. O ‘Confecção 4.0’ está beneficiando 20 indústrias do ramo na Região Metropolitana do Recife. “A experiência agregou muito na área de produção. Melhoramos muito a qualidade de produção e otimizamos o tempo que levamos para fazer tudo”, relata Francisca.

Hoje, a empresária busca ainda mais conhecimento para conceituar a sua empresa e atender escolas de outros estados e regiões do país. No momento, ela atende clientes de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Francisca também deseja expandir o seu projeto de escola de formação de costureiras, para oferecer cada vez mais apoio a essa classe trabalhadora e alcançar o máximo de pessoas possível.

Serviço:

Instagram: @fazfardas


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

FAVORITAR
Botão favoritar
Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora