this is an h1

this is an h2

Empreendedorismo

Histórias de Sucesso: Mery Bijuterias

Maria Mery Rodrigues, começou sua trajetória como empreendedora vendendo bijuterias de porta em porta, apesar das dificuldades conquistou seu espaço no mercado.

Histórias de Sucesso: Mery Bijuterias
· 01/08/2014 · Atualizado em 18/02/2016
FAVORITAR
cd844db9ccd87410VgnVCM1000003b74010aRCRD

Multiplicação do sucesso

Com o sucesso da primeira loja, veio a segunda. Mery tem oito funcionários, que ela chama de colaboradores, treina sua equipe para atender com atenção e faz do bom atendimento em suas lojas uma marca que faz com que o cliente sempre volte. Gerenciar seus negócios é o que mais gosta de fazer, e obtém bons resultados porque planeja tudo antes de realizar.

A luta para construir o seu próprio negócio lhe ensinou a superar erros como o de comprar mercadorias que agradavam a si própria e não aos cliente. A experiência lhe ensinou a valorizar o que os outros pensam. Uma de suas lojas fica localizada no centro da cidade e tem pouca concorrência. “Sou muito feliz com o que consegui, ajudo entidades carentes e pessoas que procuram orientação sobre meu negócio, pois sinto que as pessoas, principalmente as mulheres, se interessam e gostam do que faço”, finaliza Mery, que planeja investir mais em seu empreendimento, trazendo novos cursos, inclusive para crianças.

Colaboradores

Gestor de conteúdos: Maikon Richardson; Design gráfico: Rauan Maia; Revisão de texto: Liliane Ramos, Camila Melo; Digitalização: Camila Melo.

Fonte: Histórias de Sucesso: Mulheres de Negócios do Amapá. Macapá: Sebrae/Ap,2007

Ideias que mudam a vida

Maria Mery Rodrigues da Silva casou-se jovem, teve dois filhos e, cedo o casamento chegou ao fim. Surgia aí o primeiro grande desafio de sua vida: voltar para Macapá e aprender a viver e promover o sustento de duas crianças, uma delas autista. Tinha poucas ideias sobre o que faria para sobreviver, mas as economias que possuía lhe habilitavam a abertura de uma pequena loja de peças de bicicletas, um ramo sobre o qual ela não possuía grandes conhecimentos. Já no primeiro mês foi percebendo que o negócio não ia dar certo, pois não conseguia vender muitas peças e a mercadoria era renovada de acordo com a procura do mercado.

Um novo companheiro renovou o alento na vida de Mery, que resolveu vender a loja de peças para bicicletas e montar outro negócio, agora uma loja de radiadores, conforme as ideias do novo marido. Mas enquanto ele vendia radiadores, Mery foi procurar uma atividade mais condizente com a sua própria vontade, e foi neste momento que resolveu começar a vender bijuterias de porta em porta.

Garantia com isso uma renda extra, que foi o empréstimo de dinheiro e juros, também lhe garantiu algumas economias. “Um dia emprestei dinheiro a uma moça, e ela não tinha como me pegar, então negociamos a loja que ela tinha. Depois que consegui espaço, corri atrás de financiamento no Banco de Formento do Amapá” conta Mery, que contou também com o apoio do marido. Conseguir crédito para investimento no negócio nunca foi fácil para o empreendedor que está começando, mas Mery conseguiu transpor estes obstáculos com muito talento.

Começou então a colocar em pratica uma série de ideias, pois tinha nas mãos o grande desafio de manter a loja de bijuterias, ganhar clientes e garantir lucros. Trouxe instrutores de outros estados para dar cursos de produção de bijuterias, e com isso influenciou muitas pessoas a utilizarem essa atividade como meio de superar o estresse do dia-a-dia e até mesmo ganhar um dinheiro extra.

Mery Bijuterias

Maria Mery Rodrigues da Silva teve o desafio de muitas mulheres que sofrem o fim de um casamento: voltar para o lugar onde nasceu e criar sozinha os filhos. Mas o desafio maior ela encontrou na vontade de empreender para se tronar independente. Montou seu primeiro negócio, mas a falta de experiência e identificação com o ramo foram obstáculos que ela não conseguiu superar. 

Um segundo casamento deu a ela também um parceiro nos negócios, todavia foi vendendo bijuterias de porta em porta que ela foi descobrindo suas verdadeiras habilidades para o comércio. Depois disso, começou a correr sem descanso atrás do sonho de ter sua própria loja. Como em todo o ramo de atividades, e como para todo empreendedor que está começando, teve muitas dificuldades, mas a conquista de seu espaço no mercado é hoje um sonho realizado para Mery, que com a sua determinação tende a fazer suas lojas de bijuterias terem sucesso cada vez maior.


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

FAVORITAR
cd844db9ccd87410VgnVCM1000003b74010aRCRD

Mais casos para você explorar

Posso ajudar?