this is an h1

this is an h2

Fri Dec 16 11:58:19 BRT 2022
Pessoas | GESTÃO DE PESSOAS
O sucesso do negócio depende de uma boa gestão de equipe

Veja como o gerenciamento correto de pessoas permite captar bons profissionais e melhorar o rendimento da empresa.

· 05/12/2013 · Atualizado em 16/12/2022
Imagem de destaque do artigo
FAVORITAR
Botão favoritar

Você organizou a abertura de sua empresa, montou a estrutura com perfeição, fez todo o planejamento futuro e esquematizou uma excelente campanha de divulgação. Parece que está tudo completo, não é mesmo? Mas, para seu perfeito funcionamento, ainda falta um item essencial: as pessoas que vão te apoiar, ou seja, sua equipe.

Nenhuma empresa funciona sem seus colaboradores. Essas pessoas são responsáveis por vender, entrar em contato com clientes e organizar o dia a dia. Independentemente do porte do negócio, os funcionários precisam ser estimulados a se sentirem importantes e essenciais. E, para isso, uma gestão correta é essencial.

Tão importante quanto o esforço para melhorar sua relação com o cliente e descobrir novas formas de trabalhar com seu mercado, você, empresário, precisa sempre criar ideias inovadoras de motivação para sua equipe. 

A escolha correta de seus profissionais (onde cada um trabalha com o que sabe e gosta), treinamentos e valorização de cada colaborador com suas particularidades geram funcionários satisfeitos - o que acaba sendo convertido no desenvolvimento da empresa como um todo.

Aperfeiçoamento

Mas como se manter motivado e motivar os demais? Para isso, capacitação é essencial, então leia, estude e transmita isso à sua equipe.

Quer saber uma ótima forma de começar? O curso on-line e gratuito do Sebrae sobre introdução à gestão de pessoas te ensina o básico para organizar os funcionários no seu negócio.

Defina e distribua as funções do seu pessoal de acordo com o perfil de cada um. Estimule o trabalho colaborativo e coordene a equipe de modo que cada funcionário sinta-se satisfeito não só pelo salário, mas pelo prazer em atender. É importante saber que demissões são sempre ruins, pois, além dos custos, ainda é necessário adequar novas pessoas.

Com isso, faça com que os seus funcionários se sintam membros importantes do grupo e se empenhem para obter produtividade e lucratividade. Invista em promoções por desempenho, em cursos de capacitação e aprimoramento e em bem-estar, com ambientes adequados para trabalhar e propiciar uma boa convivência entre os colaboradores.

Inovações e tendências

Com rotinas profissionais cada vez mais intensas, ficou evidente a necessidade de dividir o trabalho diário. As empresas vêm seguindo as tendências do mundo do trabalho, principalmente depois da pandemia, e têm oferecido novas opções de trabalho, incluindo horários flexíveis, home office ou ambientes mais amplos e agradáveis.

Para trazer algumas boas ideias para você, separamos algumas dicas básicas e de fácil implantação que fazem toda a diferença no ambiente laboral:

  • Ambiente de trabalho harmonioso: procure ambientar o local de trabalho para que ele seja confortável para toda a equipe e de forma que ela trabalhe de maneira colaborativa, estimulando a socialização.
  • Home office: para tentar conciliar trabalho com família, trabalhar em casa já é uma tendência mundial. Dessa maneira, os funcionários fazem seus horários para administrar compromissos domésticos e profissionais. Além disso, essa modalidade contribui com a mobilidade urbana, pois não há deslocamento até o trabalho.
  • Descentralização: a figura de um supervisor já não é obrigatória, visto que cada um sabe quando e o que entregar. Com isso, cada colaborador organiza a entrega de seu projeto, conforme a demanda. Representantes de marcas ou produtos são exemplos de profissionais que atuam dessa forma.
  • Estímulo à prática de exercícios: a ginástica laboral é uma boa opção e de baixo custo, além de ajudar o funcionário a recarregar as baterias.
  • Employer branding: antigamente, a empresa se preocupava apenas com a sua imagem externa, certo? Hoje isso mudou completamente, pois os gestores notaram que os colaboradores são os verdadeiros embaixadores da empresa e também os responsáveis pelos seus resultados. Assim, é preciso criar políticas e campanhas de valorização interna para que sua equipe sinta-se bem e fale bem da empresa ativamente. 
  • Job rotation: aproveite os talentos e faça com que os perfis de aprendizagem (estagiários) sejam capacitados para os mais diferentes setores. Estimule as pessoas a aprender novas habilidades, a se arriscarem em novas áreas e a tentar o novo, mudando de área ou atuação.
  • Remuneração variável X Remuneração fixa: estimule a coparticipação, na qual o colaborador é remunerado por seu empenho e produtividade, recebendo além daquele valor garantido por mês. Só é necessário ter cuidado para não transformar o que deve ser um estímulo em uma questão de insegurança, causando ansiedade e questionamentos do tipo: “Meu Deus, se eu não fizer X vendas, não vou conseguir inteirar meu salário este mês”.
  • Capacitações on-line e autodidatas: precisa capacitar a equipe? Então por que não deixá-la à vontade? A internet está aí para nos ajudar. Crie cursos on-line para que cada um possa salvar os arquivos e acessá-los onde e quando preferir.

Além disso, é muito comum as pessoas buscarem desenvolver coisas por conta própria. Mostre os desafios da empresa e estimule os colaboradores a aprender novos tópicos para apresentar soluções criativas para os problemas enfrentados. Você poderá se surpreender com as opções não tão clássicas disponíveis na internet, inclusive internacionalmente.

Saiba mais

Cursos on-line do Sebrae


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

FAVORITAR
Botão favoritar
Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora